webometria, cibermetria, altmetria...

estudos métricos da informação e muito mais

Mês: Fevereiro 2017

C’est ne pas un haiku

Não sei se existe o tal do multiverso
Mas se não existir aqui um eu faço
Juntando sentidos que viro do avesso
Só pra tatuar o Haikai no meu braço

 

Os passos

Eram segredos que guardávamos
Em mensagens instantâneas apagadas
Algo como um tempo que não houve
Ou apenas aquilo que chamou-se um dia
De passado.

Só que analógico…

sobre a segurança

Havia uma segurança
Ela que nunca era certa
O beco, a noite, os passos rápidos
Nada disso nos evitava

Mas nós seguíamos também escondidos
Nas grades, nas cercas
Nos arames farpados
Como gado que se contenta em ser contido

Mas como o mundo lá fora grita
E a vida clama por ser vivida
Você se joga, porque o risco é só um traço
E seu fim será sempre mera estatística

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén