I fucking love science - página no facebook

I fucking love science – página no facebook

Dia normal de Facebook, muitos “post” interessantes, muitas piadinhas. E depois de tantos “curtir” em temas de ciência, vejo que a recorrência de uma página justificava tê-la como fonte. Afinal, por que esperar para receber de um colega se podia curtir diretamente a origem? Página curtida e passo a receber os “post” com fotos e textos de um humor “nerd” e com tiro certo para alegrar qualquer cientista.

Tudo seria lindo, teria eu descoberto um manancial inesgotável de risos com piadas que somente meus pares entenderiam, mas rolando as páginas me deparo com os seguintes dizeres:

“Homeopathy, creationism, astrology etc etc are all bullshit. If any of this ‘offends’ you, please feel free to unlike this page. There’s really no need to post/comment tell us all about how offended you are, and how you’re unliking the page.I will just laugh, and might make a collage out of the wall posts to laugh at when I’m feeling down. Of course, you’re also free to hang around and try and learn something.”
[Homeopatia, criacionismo, astrologia etc etc são um monte de besteira. Se qualquer uma dessas afirmações ‘ofende’ você, sinta-se livre para descurtir esta página. Não há realmente nenhuma necessidade de postar um comentário ou nos contar tudo sobre como você esta ofendido, e como você está descurtindo esta página. Eu só vou rir, e poderei fazer uma colagem a partir dos posts para rir quando estiver me sentindo deprimido. Claro, você também está livre para ficar por ai e tentar aprender alguma coisa.]

Lamentei profundamente a posição dos autores da página. Não porque eu acredite em astrologia, criacionismo ou homeopatia, mas simplesmente pela forma arrogante de tratar a questão. Todos têm direito de acreditar no que bem entendem, e se eles curtiam esta página e estavam envolvidos pelos temas de ciência, porque afastá-los por conta de alguma crença que tenham? Por mais estúpido que possa parecer para um cético que os planetas tenham alguma influência em nos, que o mundo tenha sido criado em um tempo que contradiz os registros fósseis, ou que diluições infinitas levem a um remédio com nada dentro ter algum efeito sobre uma doença, estas ideias e visões são aceitas por muitos.

A intolerância ao que o outro acredita e pensa é o primeiro passo para o conflito desnecessário. Ao fazer uma crítica tão contundente, não explicada ou defendida, e deixando a porta da rua aberta aos descontentes, elevou-se a voz sem melhorar os argumentos. Se o objetivo era que saíssem os incomodados por serem crédulos, perderam-me pela falta de respeito ao pensamento do outro. Lamento, só lamento, que a ciência com humor não tenha conseguido lentamente conquistar a todos e servir de lição para como lidar com as diferenças.

Compartilhar, Enviar, Imprimir?Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
0Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Reddit
Reddit
0Email this to someone
email
Print this page
Print